received_1098821920226689

Notinhas

Aumento nos casos de dengue mobiliza operação de saúde na zona Norte

Em reunião realizada realizada na última sexta-feira (2), pela equipe de monitoramento de arboviroses – vírus transmitido por mosquitos – foram confirmados 6 casos de dengue em 2018 e estão sendo aguardados os resultados de 9 notificações de chikungunya. Os dados correspondem ao mês de janeiro.

Também em janeiro foi realizada a 1ª “Operação Zero Aedes, Zero Sujeira” do ano nos bairros Maria Beatriz e Parque Real, na zona Sul. Aproximadamente 140 servidores visitaram 1.942 residências, enquanto 537 moradias estavam fechadas.

A escolha da região para a Operação Zero foi em decorrência da realização do ADL (Índice de Densidade Larvária) no início do mês passado. O resultado apontou muitas larvas do Aedes aegypti nessas áreas.

A próxima mega-ação será no dia 24 de fevereiro nos bairros localizados na região do Jardim Paulista, na zona Norte. Os números devem servir como alerta à população. O trabalho de vigilância no quintal, nas calhas ou em qualquer área ou objeto que possam servir de criadouro deve ser constante”, salientou Joalice Franco, coordenadora da Vigilância em Saúde.

Débitos antigos podem ser ser quitados em até 30 vezes

A Câmara Municipal aprovou na última segunda-feira (5), a iniciativa da Secretaria de Finanças em conceder até o dia 31 de maio o parcelamento de débitos inscritos em dívida ativa. Para aderir, o valor mínimo deverá ser de R$ 80 reais.

A lei também permite que débitos já negociados anteriormente e que atualmente se encontrem parcelados sejam repactuados. Depois do final do prazo, o parcelamento de débitos retornará a ser efetivado apenas em até 12 parcelas.

Os interessados deveram comparecer no Setor de Dívida Ativa, localizado na rua Doutor José Alves, 129, Centro.

Contribuinte com qualquer débito de anos anteriores com a Prefeitura

Parcelamento em até 30x

Adesão até 31 de maio

Valor mínimo de parcela

R$ 80,00

Setor de Dívida Ativa

Endereço

R. Dr. José Alves, 129, Centro

Contato

(19) 3814-1026

Secretário dá explicações sobre a atualização dos salários do funcionalismo

Na última segunda-feira (05) o secretário de Administração, Ramon Alonço, compareceu na 1ª sessão de vereadores para informar sobre a atualização salarial na folha de pagamento do funcionalismo público municipal.

O motivo é que mais de 30% dos servidores estavam recebendo uma remuneração maior do que, legalmente, deveriam obter – enquanto pouco mais de 25% dos funcionários recebiam menos do que deveriam. Com isso, os cofres municipais possuíam um prejuízo de aproximadamente R$ 140 mil ao mês.

Ramon explicou que a Prefeitura contratou uma auditoria independente ainda em 2012. Ao final, houve a constatação das irregularidades nos pagamentos feitos aos colaboradores.

Em 2013 foi aberta sindicância para verificar o apontamento feito pela auditoria e viabilizar medidas, a fim de reverter os pagamentos ilícitos. No entanto, em 2015, os responsáveis pela investigação interna concluíram pelo arquivamento. Ou seja, os salários continuavam sendo pagos sem qualquer alteração.

Ainda em 2017 foram realizadas novas verificações na folha de pagamento, através de parceria entre a Secretaria de Administração e a Controladoria municipal. Outras medidas adotadas foram a abertura de sindicância para apurar as responsabilidades. Atualmente, o pagamento de todos os salários já foram corrigidos. “Eles não sabiam dessas irregularidades, pois confiavam que a Prefeitura estivesse realmente quitando o pagamento de maneira correta”, destacou Ramon.

 Com informações da Secretaria de Relações Institucionais 

 

E – mail: redacao.olamogi@gmail.com

Jornalista Responsável – Lúcia Maroni MTB 0079158/SP

Tem interesse em anunciar nesse espaço?

Pacotes a partir de R$ 100 reais mensais, interessados é só enviar seu contato no e-mail acima. 

Atenciosamente, Olá Mogi Jornal Online 

Confira abaixo os links e informações dos nossos anunciantes

L’école – Curso de Francês

Total de visualizações

23.201

 

Leave a reply